5 August 2016

41 semanas

40+5

Na verdade só amanhã faço as 41 semanas de gravidez, mas tudo indica que lá chegarei.

É tão raro - nos dias de hoje - as gravidezes passarem das 38 semanas, que a maior parte das pessoas se esquece que é perfeitamente normal passarem das 40 e até - em bastante casos - das 41. Principalmente numa primeira gravidez. Assim, à minha volta, familiares e amigos não conseguem esconder a ansiedade (e nalguns casos até a perplexidade) pela "demora"...

Mas eu estou num oásis de tranquilidade. Desde o início que tive a intuição que teria uma gestação longa. Tive - e tenho - confiança no meu corpo e na minha bebé e respeito o seu tempo para nascer. Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para garantir que - quando chegar a hora - teremos o parto que desejamos, o que me deixa completamente descansada. Claro que pode haver sempre imprevistos, mas isso é a vida, não é?

Até agora foram 10 meses tranquilos, apesar de muita actividade e mudanças. Apreciei cada alteração no meu corpo, cada sinal de vida da nossa bebé, a força e beleza da natureza a operar em mim, num processo ancestral.

E digo, meio na brincadeira, que o meu corpo foi feito para estar "grávido"... Tirando o calor - de que habitualmente já não sou fã - que me tem deixado de rastos nestas últimas semanas, tive uma gravidez maravilhosa, sem as maleitas que lhe estão associadas: zero de enjoos, nada de crises de ciática, um ou dois episódios de azia (mas merecidos, porque abusei). Claro que - ultimamente - beber água, ou qualquer outro líquido, é sinónimo de visita (quase) imediata à casa de banho; e levantar-me é um exercício com alguma complexidade... Mas encaro estes senãos com complacência e boa disposição.

Ah! E tenho saudades de dormir de barriga para baixo, lá isso tenho. Mas cheira-me que daqui a uns dias vou, simplesmente, ter saudades de dormir...

::

In fact it’s only tomorrow that I’ll complete 41 weeks of pregnancy, but everything suggests that I’ll get there.

It's so rare - nowadays – that pregnancies last more then 38 weeks, that most people forget that it's perfectly normal move from 40 and - in some cases - even 41 weeks. Especially when it’s the first time. Thus, family and friends around me can't hide their anxiety (and in some cases even perplexity) for the "delay"...

But I'm in a quiet oasis. From the beginning I had the intuition that I would have a long gestation. I had - and have - confidence in my body and in my baby and I respect her time to be born. We did everything we could to ensure that - when the time comes - we have the labour we want, which makes me feel peaceful. Of course, there’s always a chance of unforeseen events, but that's life, isn't it?

So far I had 10 calm months, despite much activity and changes in our lives. I enjoyed every change in my body, every sign of life of our baby, the strength and beauty of nature operating on me, in an ancestral process.

And I say, half jokingly, that my body was made to be "pregnant"... Except for the heat ( I was never a fan of it), which has been taking me down in these recent weeks, I had a wonderful pregnancy, without the usual discomforts: zero nausea, no sciatica crisis, one or two episodes of heartburn (but deserved, because I abused). Of course - lately - drinking water, or any other liquid, is synonymous of a (almost) immediately visit to the bathroom; and getting up is an exercise with some complexity... But I look to these drawbacks with willingness and good mood.

Ah! And I miss sleep on my belly, yes I do. But I have the feeling that in a few days I'll just miss sleeping time...

10 comments:

  1. Está quase :D ena ena, eu também cheguei às 41 semanas
    Vai tudo correr bem, eu também tinha saudades de dormir de barriga para baixo, mas entretanto já o Luís tinha nascido e eu só passados uns meses consegui dormir de barriga para baixo porque me fazia confusão dormir de barriga para baixo.
    Boa sorte e felicidades :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá Sónia!
      Há quanto tempo!!!
      Eh, eh, pois já me disseram que provavelmente não vou conseguir logo dormir de barriga para baixo...
      Obrigada pelo carinho.
      Beijinhos

      Delete
  2. ohhh que linda barriga e que foto maravilhosa! Eu cheguei, das duas vezes, perto das 40 semanas, mas não mais. O que interessa é que ambas estejam bem e o resto a seu tempo virá <3 beijinhos grandes para ti Ema

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada linda!
      A sério? És das minhas ;).
      Sim, a natureza o dirá.
      Beijinho grande

      Delete
  3. Espero que esteja tudo a correr bem! Eu não cheguei às 41 por uns dias... e lembro-me das pessoas estranharem... mas foi como tu dizes, naturalmente e com muita calma e ele lá nasceu... na altura certa! Muita calma também para os próximos tempos, um beijinho grande (quem sabe já para as duas?!)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eh, eh!!! As pessoas estranham muito!
      Está tudo a correr bem.
      Beijinho grande (para já ainda com uma no forninho...)!

      Delete
  4. Que sortuda sou eu por te ter abraçado com essa barriguinha!

    Espero que tudo corra maravilhosamente bem como tu mereces.

    Um xi-coração enorme para os três! :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Somos as duas sortudas ;).
      Obrigada pelo carinho, menina linda.
      Beijinho bom para ti!!!

      Delete
  5. Espero que continue tudo a correr bem! Boa sorte! Eu vou quase a meio e também tenho saudades de dormir de barriga para baixo
    Beijinho

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelo carinho Ângela! Espero que o resto da gravidez corra muito bem.
      E tenho que dizer que ainda não consigo dormir de barriga para baixo...
      Beijinho

      Delete